POST 03 - ARREMESSO

Para vencer um jogo de basquete, é importante contar com uma boa defesa, mas também não dá para deixar de lado o fato de ter um bom aproveitamento nas finalizações. Nos últimos anos, nota-se uma grande mudança no estilo de jogo em que o arremesso de 3 pontos está muito mais valorizado. As equipes contam com grandes arremessadores que inclusive não se importam mais em que lugar da quadra estão arremessando, pode ser do logo, 2 passos de distância da linha de 3 ou até mesmo do meio da quadra, e com muita facilidade.

Mas a pergunta é: Além dos arremessos de 3 pontos, quais outras formas existem para colocar a bola dentro da cesta?


FORMAS DE PONTUAR EM UM JOGO DE BASQUETE

Apenas para recordar, no basquete a equipe consegue pontuar através de lances livres que valem 1 ponto cada; cestas de 02 pontos quando são realizadas dentro da linha de 6,75m (FIBA); e cestas de 3 pontos quando os atletas finalizam atrás da linha dos 3 pontos.


Vamos conhecer os tipos de arremesso!



TIPOS DE ARREMESSO


1. BANDEJA

Método utilizado pelos atletas para finalizar em deslocamento, para isso é permitido que o jogador dê 2 passos com a bola em mãos e consiga finalizar deixando-a bem perto do aro. A bandeja é um dos movimentos mais comuns no basquete.


2. JUMP

O jogador dribla em direção a cesta e, diferente da bandeja em que ele segura a bola e da 2 passos, no Jump o atleta salta para cima encontrando um ponto de equilíbrio para arremessar quando estiver no ponto mais alto.


3. ENTERRADA

Um dos momentos mais agitados e impactantes do jogo de basquete, a enterrada tem o poder de mudar a atmosfera de muitos jogos. Ela acontece quando o jogador coloca a bola diretamente dentro do aro, seja com uma ou com as duas mãos.


4. LANCE LIVRE

Sempre que uma falta é cometida durante um movimento de arremesso, o jogador que sofreu a falta tem direito a cobrar um lance livre. No lance livre, o arremesso é feito de uma linha a 4,6 metros da tabela. Cada lance livre vale um ponto.

Embora seja considerado um arremesso simples, já que não há marcação, o lance livre não é tão simples e sua boa execução pode decidir jogos.



COMO EXECUTAR UM BOM ARREMESSO


O arremesso é realizado em etapas. É preciso considerar o jeito como segurar na bola, o posicionamento e ação do corpo como um todo durante o ato de arremessar.


1º PASSO - Posicione a bola na lateral do corpo.

O movimento de arremesso se inicia na parte lateral do corpo (o mesmo lado da mão “boa”), segurando a bola alguns centímetros sobre a cintura, o chamado “shot pocket”, em inglês. A bola e a visão do jogador em relação à cesta deverão formar uma linha reta

  • Segurar a bola muito em cima ou embaixo afeta a precisão do arremesso. Fique atento à posição em que a bola está sendo segura, ou seja, um pouco acima da cintura, que é o melhor local para iniciar o movimento do arremesso.


2º PASSO - Posicione o cotovelo de forma que ele fique em uma altura mais baixa que a bola, e não reto e para o lado.

Aprenda a posicionar a bola dessa maneira sempre que se arrumar para realizar um arremesso. Quando outro jogador passar a bola para você, o ideal é que o passe seja feito um pouco acima da altura da cintura (o “shot pocket”); caso isso não aconteça, será necessário posicionar-se para fazer o arremesso, permitindo que a marcação chegue.


3º PASSO - Segure a bola corretamente.

Posicione a mão que a lançará de forma que a ponta dos dedos fiquem perpendiculares em relação às costuras da bola. Essa é a mão responsável por dar impulso à bola; coloque a outra na lateral da bola para dar direção ao arremesso. A palma da mão não deve tocar a bola durante a preparação para o arremesso de forma que o jogador controle a bola usando os dedos e o polegar.

  • Deixe um pouco de espaço entre a palma da mão e a bola, permitindo que durante o arremesso, a bola deslize suavemente a partir das pontas dos dedos. Ao preparar-se para fazer o arremesso, ela deve ficar sobre as “almofadinhas” dos dedos, que deverão estar bem separados para ter maior controle de bola.


4º PASSO - Mantenha os pés separados com a distância igual à dos ombros e levemente “soltos” do chão.

É necessário colocar o pé do arremesso – que é o pé que está no mesmo lado do braço e mão em que a bola é arremessada – um pouco à frente do outro. Logo, para destros, será o pé direito, e vice-versa. Os pés devem ficar apontados para a cesta, mas mantenha-os distanciados e na mesma postura.


5º PASSO - Dê força ao arremesso dobrando mais os joelhos e quadris.

Caso queira desenvolver o arremesso de mais longe, é importante garantir que a força dele venha da postura, já que a precisão e a movimentação natural ao tentar “jogar” a bola usando a força dos braços e peito será muito menor. A postura deve continuar equilibrada, mas será possível acertar o arremesso de mais longe ao dobrar mais os quadris e joelhos, além de tirar levemente os calcanhares do chão. Treine esse fundamento sem fazer o arremesso.



Curtiu?! Seja bem-vindo(a) ao B-A-BA DO BASQUETE, um blog escrito por Ivan Scalet com objetivo de trazer posts quinzenais com informações variadas sobre nossa amada modalidade da bola laranja.

94 visualizações